:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor



Alberto Cataldi
Fernando Fogliano
Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     TEATRO

NO ESCURO, perspectivas na penumbra

Peça fica em temporada até o dia 16 de dezembro, quintas e sextas, sempre às 20 horas no Espaço dos Satyros Dois

O espetáculo No Escuro retrata momentos do cotidiano de três personagens bastante comuns: um quase cinquentão em um hospital, um rapaz que vive sempre no limite e uma atendente de call-center automatizada e sem brilho. Nestes momentos revela-se a fragilidade destas personagens e de suas relações. Ao passarem a representar uma vida aparentemente normal, evidenciam a necessidade de fuga da realidade. Durante a trajetória dos 3 protagonistas, outros personagens surgem para intensificar ainda mais a total falta de perspectivas e a anestesia no contato social incorporado pela proposta narrativa de No Escuro.

A peça, que estreou no dia 3 de novembro e tem sido bastante elogiada pelo público, ficará em temporada até o dia 16 de dezembro. As apresentações acontecem sempre nas quintas e sextas-feiras, às 20 horas.

No Escuro é a mais recente montagem da companhia teatral Os Contadores de Mentira, que neste ano comemora os seus 10 anos de atividade. A companhia, premiada em diversos festivais e com inúmeros espetáculos realizados em diversas cidades do interior, é dirigida por Cleiton Pereira. Além do trabalho com sua companhia, o diretor também é coordenador de Artes Cênicas da Secretaria de Cultura de Suzano.

O texto de No Escuro surgiu a partir de um roteiro desenvolvido pelo próprio Cleiton em parceria com Peterson Queiroz (texto final e diálogos) e Ricardo Araújo. Os dois parceiros do diretor são cineastas independentes que, através da Mantra Produções, realizaram também a produção executiva do espetáculo.

Em No Escuro, uma série de fragmentos urbanos interseccionam-se e desenrolam-se simultaneamente. Tudo para conduzir o espectador a identificar-se à medida que os personagens reverberam, entre outros sentimentos comuns a qualquer indivíduo urbano, a solidão, a fantasia, a falta de perspectivas, a esperança, a agressividade, etc. Outro dos referenciais que mais reforça a premissa conceitual do espetáculo é o intenso uso do vídeo para representar o impacto da comunicação de massa ao estabelecer padrões de comportamento e de consumo generalizados e "estéreis". Este e outros instrumentos presentes no espetáculo levam o expectador a refletir sobre o paradoxo de ver-se cada vez mais solitário em meio ao convívio social subjacente ao contexto das grandes cidades.

No entanto, conceitos à parte, No Escuro parece revestir-se de um único propósito: promover o reencontro, nem sempre confortável, do indivíduo-espectador consigo mesmo.


Temporada de Estréia No Escuro

De 3 de novembro à 16 de dezembro de 2005
Quintas e sextas-feiras, às 20 horas
Espaço dos Satyros Dois
Pça. Franklin Roosevelt, 124, Consolação, tel. 3258-6345.
Os ingressos custam R$ 20,00 (com meia-entrada).


O espetáculo tem seu elenco formado por Fagner Pavan, Ezer Valim, Jú Penteado, Nara Ferriani, Luís Soares, Gil Ferreira e conta ainda com as participações especiais em vídeo de Gabriel Pinheiro (do Cemitério de Automóveis), Walter Figueiredo e Arthur Netto. A montagem contou também com a colaboração de Georgette Fadel, da Cia. São Jorge de Variedades.


Outras informações:
Mariana Leme
Casa da Notícia - Tel: (11) 5536-9086
mariana@casadanoticia.com.br/ mari_leme@yahoo.com.br


Peterson Queiroz
Mantra Produções - Tel: (11) 8502-2257
peterson.queiroz@gmail.com