:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor


Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     TEATRO

ARSÊNICO E ALFAZEMA

Valmir Junior*

O texto de americano Joseph Kesselring fez muito sucesso na Broadway no final da década de 30 e no início dos anos 40, sendo encenado no Brasil por Paulo Autran, Cacilda Becker e Maria Clara Machado. A montagem agora adquiriu ares comerciais e aterrisa para temporada no Teatro Cultura Artística.

A peça fala de duas velhinhas, Abby (Denise Weinberg) e Martha (Ana Lúcia Torre), que convidam idosos sós e sem família a alugarem quartos em sua ampla casa. Só que Abby e Martha envenenam os velhinhos por piedade, adicionando uma mistura ao vinho que estes tomam. Somam-se a isso o casamento de um dos sobrinhos, a loucura de outro e o reaparecimento de um estranho sobrinho há muito desaparecido. A confusão se instala quando um dos sobrinhos descobre o que as tias andam fazendo.

Com cenários de J.C.Serroni e figurinos de Lola Tolentino, a peça traz o humor negro (e mórbido) instalado nas idéias de Abby e Martha que, por si sós, segurariam muito bem o espetáculo (tanto as personagens como as atrizes). O elenco apóia muito bem as duas, apesar de algumas deficiências na caricatura de quase todos, com exceção das breves aparições de Elaine (Bárbara Paz) e o Dr. Hermann Einstein (Ary França).

O espetáculo é muito bemvindo como comédia despretensiosa, porém há desgaste no cenário estático e pouco dinâmico, transformado num entra-e-sai de personagens e na pobre iluminação. Também esperava-se maior tratamento ao enredo, que sofre um pouco pela transformação do tema da peça em simples e fácil história, com adição de gags tipicamente brasileiras, porém (ainda bem) sem artifícios maliciosos.

Mesmo assim, é muito divertido e pra quem quer mandar o stress embora é uma boa pedida. Confiram as atuações de Ana Lúcia Torre e Denise Weinberg como as senhoras idosas e mórbidas, porém perfeitamente "sãs" em seu próprio contexto insano. Difícil é não sair satisfeito pelas boas risadas.


Arsênico e Alfazema - Dir.: Alexandre Reinecke. Elenco: Ana Lúcia Torre, Denise Weinberg, Flávio Faustinoni, Paulo Coronato, Bárbara Paz, Renato Caldas, Ary França e Henrique Stroter. Onde: Teatro Cultura Artística, R. Nestor Pestana, 196, Centro. Até 21 de novembro. Ingresso: R$25,00 a R$40,00.



*Valmir Junior
"Paulista, 23 anos, virginiano e doido por chocolate. Esse é Valmir Junior, um ator amador (ou amador ator?), fã de teatro (claro), filmes, exposições e outros assuntos relacionados à Arte (além de ser um bom garfo também). É a primeira vez que resenha para um site e dá medo nele, mas o desafio já foi aceito, então: "Merda!!!" (Não levem a mal! É "Boa Sorte" no Teatro)."