:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor


Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     TERCEIRO SETOR
Livro de fotografias, Heróis Invisíveis, traz histórias de personagens anônimos que lutam pela transformação social em suas comunidades

Por Lisandra Maioli

Os usuários do Metrô de São Paulo puderam conferir até o último dia 30 a exposição de fotos "Heróis Invisíveis" no corredor de entrada da estação Clínicas. As imagens são parte do projeto que também dá nome à exposição e que contou com fotógrafos renomados como Bob Wolfenson, Edu Simões, Cristian Gaul e Luiz Garrido.

O projeto, em comemoração aos 50 anos do grupo Marsh no Brasil e aos 450 anos da cidade de São Paulo, é uma idealização do jornalista Gilberto Dimenstein que reuniu em um livro histórias de 50 paulistanos que desenvolvem projetos sociais na capital: "O livro revela, pela lente de alguns dos melhores fotógrafos brasileiros, o perfil e a história de vida de 50 heróis – homens e mulheres – que, desconhecidos da grande mídia, trabalham silenciosamente pela melhoria de comunidades nas mais diversas áreas de atuação", destaca o presidente e CEO da Marsh, Thomaz Luiz Cabral de Menezes.

A Marsh já vinha investindo em projetos sociais no país antes de patrocinar o Heróis Invisíveis. Em 2000, a companhia criou a associação dos funcionários da Marsh, que hoje mantém o Centro Educacional Vila Cisper II, na Zona Leste da capital, atendendo 150 crianças carentes da região, de 0 a 4 anos. Ali, as crianças recebem alimentação e acompanhamento pedagógico em período integral.

Histórias como a de Bia d'Paula, fundadora do Instituto Eco das Artes que oferece oficina de artes plásticas para pessoas socialmente excluídas; ou de Eduardo Valarelli, idealizador do projeto Carmim, que também ensina artes plásticas nos hospitais da capital; ou ainda do ex-operador de máquinas têxtil Roberto Pires que deixou uma oportunidade de sair do país para ficar no Brasil e reconstruir a educação dos jovens de seu bairro, Jardim Horizonte Azul, por meio do projeto Lado Periférico que oferece entre muitas coisas, oficinas de redação e grupos de capoeira.

Estas e outras histórias de personagens não tão mais anônimos da capital paulista e que mudaram a vida de muitas pessoas com iniciativas que trazem à tona a nova onda de tecnologia social e comunitária podem ser vistas no site que faz parte do projeto: www.heroisinvisiveis.com.br. As 50 histórias com textos do jornalista Gilberto Dimentein e fotos Bob Wolfenson, Edu Simões, Cristian Gaul e Luiz Garrido estão reunidas no livro "Heróis Invisíveis" (Ed. Wide Publishing, 1ª edição-2004, 58 páginas).

Fonte: Intercidadania - www.intercidadania.com.br


Serviço
Contato para adquirir a Brasil Responsável:
Janaína Dias-Marprom Marketing Eventos
janainamarprom@via-rs.net