:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor


Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     TERCEIRO SETOR
O programa é uma iniciativa da Kibon e já beneficiou cerca de um milhão de crianças e 38 mil professores

Por Maria Ana Sitonio

Há dez anos a Kibon realiza em hospitais e escolas dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Pernambuco, um trabalho que desenvolve a criatividade e a potencialidade psicomotora de crianças. O "Criando com Palitos" já beneficiou cerca de um milhão de crianças e 38 mil professores da educação infantil ao ensino fundamental um.

O objetivo do programa é desenvolver a criatividade, auto-estima, o respeito ao próximo e a responsabilidade social. Na ação, as crianças passam uma hora/aula construindo objetos com os palitos do picolé Frutilly. Os palitos de plástico, com encaixes e dobráveis possibilitam a criança montar diversas peças, de acordo com a sua imaginação.

Toda atividade é ministrada por educadores contratados pela Kibon. Antes de começar a montar, as crianças aprendem sobre a história do sorvete e como ele é feito.

Dentro do "Criando com Palitos" existem ainda outras três ações: De coração a coração, Kibon levando Alegria a Todo lugar e Visitas Kibon. A primeira, projeta e instala salas de recreação infantil em hospitais. A segunda auxilia na recuperação de crianças internadas com atividades de recreação. E a terceira leva os alunos das escolas atendidas para visitarem a Kibon.

A sede da empresa em São Paulo possui um trem, onde os alunos assistem a filmes sobre a Kibon, tomam sorvetes e criam com palitos plásticos.

O programa atende em São Paulo nos hospitais GRAAC, Beneficência Portuguesa, Hospital Samaritano, Hospital do Servidor Público, Menino Jesus, Hospital Jaraguá e no Albert Einstein. No Rio, atende ao Inca, Hospital Municipal Lourenço Jorge, Hermorio, Hospital São Vicente e Samci. Em Recife, no Hospital Português e Hospital do Câncer de Pernambuco.


Serviço

site: www.kibon.com.br

Fonte:Intercidadania