:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor


Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     TERCEIRO SETOR

Jovens do Pró-Criança aprendem ritmos pernambucanos
Os alunos da aula de música fazem apresentações individuais e com a Companhia de Música e Dança Andarilho


Por Vanya Albuquerque

Pandeiro, atabaque, ganzá, agogô, berimbau e pandeirola são alguns dos instrumentos ensinados aos alunos de música do Movimento Pró-Criança. A instituição, ligada à Arquidiocese de Olinda e Recife, tem como objetivo promover o resgate social de crianças e adolescentes de comunidades pobres do Recife através de aulas de artes ou de cursos técnicos.

Kilde dos Santos, 28 anos, é quem ensina os sons da cultura pernambucana - coco, maracatu, frevo, entre outros - aos 11 percursionistas que compõem a equipe. Em suas aulas, o professor incentiva a criação de novos ritmos. “É válido deixar sua marca”, diz . “É isso que traz um referencial para os jovens”, completa. Agora, o grupo, montado há oito anos, começou a juntar o regional ao contemporâneo para conquistar um público mais abrangente. “A proposta é de inovar em cima da raiz cultural”, diz Santos.

João de Alencar, 17 anos, que tinha saído do projeto e voltou a participar por sentir falta das aulas, pensa em se profissionalizar na área musical. “Aqui posso aprimorar meus conhecimentos em música”, diz.

Os jovens fazem apresentações individuais e com a Companhia de Música e Dança Andarilho, do Pró-Criança. O som produzido por eles já ganhou o reconhecimento do cantor e compositor Lenine. Com base no que já aprenderam, os percursionistas fizeram o arranjo da música A ponte do artista pernambucano. “Dentro dá idéia da música, a gente viu o que poderia fazer de novo”, lembra o professor.

Todos os participantes do curso de música ganham bolsa mensal, alimentação e auxílio-transporte. As aulas acontecem de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h, no Centro Comunitário de Artes do Pró-Criança, no Recife Antigo.



Fonte:Intercidadania