:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor



Alberto Cataldi
Eliana Caminada
Fernando Fogliano
Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     MÚSICA

Rio International Cello Encounter


Em 2006, o Rio International Cello Encounter realiza a sua décima segunda edição com a vitoriosa marca de ser um dos maiores festivais de música clássica do Brasil e um dos maiores “gratuitos” do mundo. Em onze anos de realização, cerca de 70 mil espectadores assistiram ao festival, idealizado pelo violoncelista inglês David Chew em homenagem ao maestro carioca Villa-Lobos.

Já contou com a participação de aproximadamente 2.500 músicos nacionais e internacionais e com  cerca de 250 alunos do país inteiro e do exterior, que ocuparam a cidade em busca das disputadas master classes realizadas por importantes músicos internacionais, a maioria deles vindos das principais centros artísticos mundiais.

O maior objetivo do RICE é promover a apresentação gratuita e capilarizada de artistas clássicos nacionais e internacionais, de alto nível artístico e técnico, especialmente violoncelistas, em recitais, concertos de música de câmara, orquestras convidadas e formadas especialmente por músicos e alunos participantes do evento.

A parte educativa do RICE oferece Master Classes, Oficinas e Workshops de violoncelo, piano, violino, flauta, música de câmera, música popular e jazz, destinadas a conjuntos, músicos e estudantes. Outro ponto de destaque do festival é promover a estréia mundial de peças e arranjos especialmente encomendados para sua realização, principalmente de compositores brasileiros.

O RICE 2006 acontecerá entre os dias 7 a 26 de agosto e homenageará os 250 anos de nascimento de Mozart e o centenário de nascimento de dois grandes mestres da música do século XX: o russo Shostakovich e o brasileiro Radamés Gnatalli. O compositor alemão Schumann também será lembrado por seus 150 anos de morte. Já estão confirmadas mais de duas centenas de músicos, cantores e maestros, cinco orquestras, entre elas a mundialmente famosa I Musici de Montreal, regida pelo violoncelista russo Yuli Turkovsky, que vem pela primeira vez ao país.

Entre as atrações nacionais estão os violoncelistas Antonio Meneses, convidado de honra deste ano e o multiinstrumentista e compositor Egberto Gismonti. Nomes significativos como a pianista Maria Clodes, o soprano Edna d’Oliveira, a violista belga/brasileira Christine Springuel e o mais importante barítono da atualidade Lício Bruno, também são destaques.

Os internacionais Mats Lidström, sueco radicado em Londres, o jovem britânico Jamie Watson, os canadenses Theo Weber e Kristina Szutor, o Trio Solati, de Boston, o Trio de Cello-Jazz Tre Corde de Nova Iorque, o Trio Slavko Osterc da Eslovênia, especialista em música contemporânea, fazem suas primeiras apresentações no Brasil.

Músicos clássicos e populares que já conhecemos e aplaudimos como Wagner Tiso, Mauro Senise, Gilson Peranzzetta, Cristina Braga, Martha Herr, Luiz Avellar, Antonio Carrasqueira, Aleida Schweitzer, Jerzy Milewski, entre muitos outros, complementam a programação que pode ser conferida no site www.riocello.com.

Com uma programação atraente e diversificada, o RICE 2006 realizará 65 apresentações nas melhores salas de concerto e outros espaços do Rio, desde a Sala Cecília Meireles ao Teatro Marlice Margarida (Queimados), Espaço Sesc Copacabana à bela Sala de Sessões do Centro Cultural Justiça Federal,  da Candelária á mítica Igreja da Penha, indo até à Quadra da Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis. Em 2006, o festival se expande e estréia com três apresentações em Brasília, uma delas no grande Teatro Nacional Cláudio Santoro.


Mais informações no site: www.riocello.com