:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor



Alberto Cataldi
Fernando Fogliano
Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     INTERNET

SOFTWARE LIVRE
Fórum internacional em Porto Alegre


Marcelo Medeiros (*)

Com a intenção de ser o maior evento mundial do movimento de software livre, a sexta edição do Fórum Internacional de Software Livre (FISL) será realizada em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, de 1º a 4 de junho. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no site do evento até 28 de maio.

Após essa data, só será possível se inscrever comparecendo à Secretaria da Pontifícia Universidade Católica (PUC), onde os interessados em saber mais sobre softwares livres e de código aberto poderão assistir a palestras e conhecer casos de uso desses aplicativos nas áreas bancária, de saúde, educação, gestão municipal, hardware, redes e segurança. A inscrição custa R$ 70, mas estudantes têm direito a 50% de desconto.

Entre os palestrantes já confirmados estão John "Maddog" Hall, presidente da Linux International; Scott Collins, um dos líderes do Projeto Mozilla; Janet Casey, mantenedora do Diretório GNU da Free Software Foundation; Louis Suárez-Potts, gerente de Desenvolvimento Comunitário do OpenOffice; Branden Robinson, líder mundial do projeto Debian, Sérgio Amadeu, sociólogo e presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), órgão vinculado à Casa Civil, e Carlos Afonso, diretor de Planejamento e Estratégias da Rits, que vai falar sobre governança da Internet.

As palestras serão encaixadas em dez temas gerais: desenvolvimento, que engloba linguagens de programação; banco de dados, no qual serão comparados diferentes servidores; desktop, cujo objetivo será discutir o uso de programas como o pacote OppenOffice e o navegador Firefox, entre outros; redes, no qual serão debatidas formas de administração de serviços desse tipo; ferramentas de segurança, como firewalls e políticas de segurança; planos de governo para implementação de software Livre; projetos sociais que utilizam esse tipo de programa; política e filosofia por trás do uso de software livre, como licenciamentos e propriedade intelectual, e discussões sobre inclusão digital.

Haverá ainda apresentações de trabalhos sobre esses temas. Foram enviadas 347 propostas para a organização. Uma comissão escolheu 90. Entre elas estão estudos de informática, comunicação e engenharia de computação voltados para o desenvolvimento de programas livres e de código aberto. Eles serão apresentados em seminários de curta duração.

Em paralelo, haverá um workshop acadêmico que, pela primeira vez, terá participantes internacionais. "Queremos aumentar a integração com a academia", diz Ronaldo Lages, um dos organizadores do FISL.

As sete salas onde serão realizadas as apresentações são grandes. A menor tem capacidade para 110 pessoas e a maior, para mil. De acordo com a organização, o tamanho será suficiente para receber com conforto os cinco mil participantes esperados, número próximo ao do ano passado. Em 2004, o Fórum Internacional de Software Livre recebeu quase cinco mil pessoas, além de 300 palestrantes e mil empresas de 35 países. O evento acontece pouco tempo depois de o governo anunciar o lançamento do programa PC Conectado, que deverá subsidiar a aquisição de computadores com programas livres e de código aberto instalados. A administração federal já se pronunciou em favor da disseminação do uso de software livre por algumas vezes.

A edição de 2005 traz uma novidade. Para ajudar comunidades indígenas e remanescentes de quilombos do Rio Grande do Sul, será cobrada uma taxa de R$ 3 no ato da inscrição. O dinheiro será destinado à compra de alimentos produzidos em empreendimentos de economia solidária no estado. Entre eles, feijão, arroz orgânico, farinha de milho, óleo vegetal e leite em pó.



Serviço
VI Fórum Internacional de Software Livre

Data: de 1º a 4 de junho
Local: Centro de Eventos da PUC-RS, em Porto Alegre
Inscrição: R$ 70, com direito a meia entrada para estudantes, mais R$ 3 a serem revertidos para comunidades locais
Inscrições e informações aqui

(*) Jornalista da equipe da Revista do Terceiro Setor

Reproduzido da Revista do Terceiro Setor