:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor



Alberto Cataldi
Fernando Fogliano
Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     CULTURA

Participe do Prêmio Cultura Viva

A iniciativa reconhece e fomenta a diversidade da cultura brasileira O lançamento acontece dia 2 de dezembro no Rio de Janeiro

O Ministério da Cultura reconhece que não é apenas nos palcos, nos museus e nas grandes telas que a cultura brasileira se faz presente. Milhares de iniciativas culturais, resultantes do esforço, da vocação e da mobilização de pessoas, grupos e organizações, compõem um dinâmico e diversificado panorama de manifestações culturais espalhado por todo o território brasileiro. Iniciativas formais ou informais, de extrema importância para as comunidades nas quais estão inseridas, essas experiências valorizam a cultura como meio de construção de identidade e cidadania.

O Prêmio Cultura Viva visa tirar do anonimato e lançar no centro das atenções essas iniciativas, incentivando e reconhecendo essas realizações que constituem o maior patrimônio de desenvolvimento social, econômico e humano do País. O lançamento acontece no dia 2 de dezembro, às 15h, no Centro Cultural Cartola, no Rio de Janeiro, em cerimônia que contará com a presença do ministro da cultura, Gilberto Gil.

"Com o Prêmio extrapolamos as ações nos Pontos de Cultura. A idéia é tornar visíveis manifestações – formais e informais – realizadas em toda e qualquer comunidade, dos quilombolas às ribeirinhas, passando pela cultura Hip Hop, pelo samba, pelo maracatu, em todo o território nacional ", afirma o ministro Gil.

A iniciativa, que tem o apoio da Petrobras, favorecerá o conhecimento, o mapeamento e a divulgação da diversidade cultural brasileira. Além do reconhecimento das melhores práticas, dotará o país de instrumentos modernos e democráticos de política cultural. Não é necessário que o projeto participante do Prêmio seja um Ponto de Cultura - basta que a instituição desenvolva atividades culturais no Brasil e atenda às especificações do regulamento do concurso. O projeto vai disponibilizar um banco de dados virtual com informações sistematizadas sobre as iniciativas e o sistema de avaliação. Ao final do prêmio, será lançado um livro retratando toda metodologia da iniciativa.

Para coordenação técnica do Prêmio Cultura Viva, o Ministério da Cultura estabeleceu uma parceria com o Cenpec – Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária –, uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, criada em 1987, que tem como finalidade o desenvolvimento de ações que contribuam para a melhoria da qualidade da educação pública e para a formulação de políticas públicas. Ações como o Prêmio Itaú-Unicef e o Prêmio Escrevendo o Futuro fazem parte da experiência da entidade, presidida pela socióloga Maria Alice Setubal. " O maior objetivo de todos esses prêmios é o desenvolvimento dos participantes. Em todo o processo, desde o preenchimento da ficha de inscrição, propomos uma perspectiva de formação, fazendo com que o interessado reflita sobre sua prática cultural, o que por si só já é um ganho para todos os concorrentes ", explica Maria Alice.


Inscrições

As inscrições para o prêmio serão abertas no dia 2 de dezembro e podem ser feitas pela Internet, ou por envio de correspondência, para o endereço do Cenpec até o dia 20 de janeiro de 2006. Já na inscrição, os participantes devem escolher a categoria na qual desejam participar: Tecnologia Sociocultural, Manifestação Tradicional e Gestão Pública.


Categorias

O Prêmio foi pensado em três diferentes categorias. Podem se inscrever nas categoria Tecnologia Sociocultural os projetos de cultura que pratiquem intervenções sociais, que propiciem formas democráticas de tomada de decisão, a partir de estratégias de mobilização e de participação da população, envolvendo apropriação e aprendizagem por parte da população e de outros atores e gerando modelos que servem de referência para novas experiências naquela ou em outras comunidades. Outra categoria leva o nome de Manifestação Tradicional, para práticas que valorizam as tradições culturais locais e que buscam traçar uma continuidade com o passado, contribuindo para sua renovação e valorização. Já a categoria Gestão Pública visa premiar inciativas de órgãos da administração pública direta ou indireta, que propiciem parcerias com a comunidade, fortalecimento do espaço público e favoreçam a participação da população nas decisões referentes às políticas culturais e de outras ações que contribuam para construção da cidadania plena.


Premiação

A expectativa é que 4.000 grupos inscrevam-se na primeira edição do Prêmio Cultura Viva. Serão selecionados 100 semifinalistas, que receberão um certificado do MinC reconhecendo a importância da iniciativa desenvolvida. Os 30 finalistas passarão por oficinas de apoio técnico e os nove vencedores (três em cada uma das categorias), receberão aportes financeiros. Na categoria Tecnologia Sociocultural, o primeiro colocado recebe R$ 80 mil, o segundo R$ 50 mil e o terceiro R$ 30 mil. Nas categorias Manifestação Tradicional e Gestão Pública, os primeiros colocados recebem R$ 20 mil, os segundos R$ 15 mil e os terceiros R$ 10 mil cada, totalizando R$ 250 mil em prêmios. Os vencedores serão divulgados em junho de 2006.


O que é o Programa Cultura Viva?

Prêmio Cultura Viva. A cultura faz o Brasil
Endereço para envio das inscrições:

Cenpec -Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária
A/C PRÊMIO CULTURA VIVA 2005
Rua Dante Carraro, 68 - Pinheiros
CEP: 05422-060 São Paulo – SP


Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Cultura
Mariana Dornelles – tel: (61) 3901-3815
E-mail: mariana.dornelles@minc.gov.br
(Fonte: SPPC / Cenpec)


www.cultura.gov.br