:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor


Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     CULTURA

Ceará entrega Selo de Responsabilidade Cultura à 15 empresas

A Secretaria de Cultura do Estado do Ceará entregou, no último dia 11, o Selo de Responsabilidade Cultural a 15 empresas que têm como política investir em projetos Culturais. A premiação está em sintonia com as ações de incentivo e financiamento cultural do Ministério da Cultura (MinC), que também premiará as empresas que se destacarem no investimento em cultura regionalmente e nacionalmente.

A premiação cearense, que aconteceu no Teatro José Alencar, em Fortaleza, foi entregue às públicas e privadas que melhor apoiaram o desenvolvimento de ações culturais no Estado do Ceará. Dentre as que foram agraciadas estão: Shopping Benfica e Clínica Doutora Maria Helena, Servis Segurança, Empreendimentos Industriais e Montagens, Tintas Hidrocor, Coelce, Expresso Guanabara e Agripec.

As instituições Sebrae-CE, Instituto Pão de Açúcar e Serviço Social do Comércio (SESC) receberam o selo da categoria institucional, e na categoria pública, foram premiados a Prefeitura de Guaramiranga, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), que investiu R$ 4,5 milhões em cultura no nordeste em 2003.

O secretário de Fomento e Incentivo à Cultura, Sérgio Xavier, que esteve presente na cerimônia de entrega do Selo, disse que a premiação está em sintonia com o projeto do Selo Nacional de Cultura a ser instaurado disse pelo MinC por meio da nova regulamentação à Lei de Incentivo à Cultura, a Lei Rouanet. O novo selo deverá estimular a cultura do investimento empresarial na área. "Vamos articular a criação de selos e prêmios nacionais e regionais. A exemplo do Ceará, cada estado deverá ter seu próprio selo e o MinC definirá as categorias das premiações por região e nacionalmente", explicou ele.



Empresas responsáveis culturalmente

A avaliação das empresas concorrentes foi realizada a partir das diretrizes do Plano Estadual da Cultura do Ceará nas áreas de patrimônio imaterial, patrimônio material (manifestações, saberes e fazeres populares, artesanato, gastronomia), música, artes cênicas, literatura, artes visuais e audiovisual.

Os critérios de avaliação seguem a política cultural do Estado, considerando a promoção da auto-estima e da diversidade de expressões do povo cearense, o estímulo à empregabilidade e à distribuição de renda e a contribuição para a inclusão social e a consolidação da cidadania.


Fonte: Comunicação Social MinC