:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor



Fernando Fogliano
Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     ROSELI PEREIRA

Sabe aqueles?

Por
Roseli Pereira*

Se existem preferências importantes que não revelam nadica sobre a personalidade das pessoas, existem outras bem bestinhas que revelam (quase) tudo. E essas são muito mais visíveis, diga-se de passagem.

Não tá entendendo nada? Então aqui vai um exemplo. Sabe aqueles que usam sapato social com bermuda? Tá vendo só? Você nem precisa conhecer o indivíduo em questão para poder traçar um perfil psicológico completinho.

E sabe aqueles que usam jaqueta de couro com gravata? Terno com camisa de manga curta? Gola pra fora do paletó? Calça corsário com salto alto?

Viu? Você está indo muito bem. É que têm tipos que, pra explicar direito, só descrevendo mesmo. Quantas vezes você já falou ou ouviu um "sabe aquelas que usam estampa de oncinha?" ou "sabe aquelas de aventalzinho de bolso?" Pois é.

E não fica só na roupa, não. Sabe aqueles de corrente de ouro? E os de gel no cabelo, então? Tá vendo? Você soube de novo. Aliás, esses aí (segundo um amigo meu que também já usou seu gelzinho) de manhã saem de casa parecendo uma beringela, e no finalzinho da tarde o penteado já virou couve-flor. A não ser, é claro, que ele tenha seus potes ou tubinhos espalhados por todos os lugares que costuma freqüentar durante o dia.

E sabe aquelas de tiara? Pois saiba que as de tiara que já passaram dos 30 geralmente são quinhentonas (calma que eu não estou entregando a idade de ninguém: só estou trazendo as quatrocentonas para o novo século). É que, até onde a minha vista alcança, existem dois tipos principais de granfinas: as quinhentonas de tiara e as de penteados fofinhos (essas são as que enricaram depois).

Existem, ainda, os tipos que estão em fase de transição. Como assim? É fácil: sabe cabelinho azul, violeta ou cor-de-rosa? Tempos atrás, a gente pensava na hora numa senhorinha com blusa de seda e laçarote no pescoço. Só que hoje em dia as coisas ficaram bem mais complexas e exigem especificação: cabelinho azul (ou violeta, ou cor-de-rosa) com piercing, com silicone ou standard? Só assim você pode se localizar adequadamente pra continuar a conversa sabendo de quem está falando.

E antes que eu mesma vire tema de um "sabe aquelas" qualquer, já vou explicando tudo de uma vez: minha roupa é sempre preta porque é mais fácil pra combinar de manhã, é boa para esconder umas sobras e ótima para fazer gênero. E o meu cabelo é bem clarinho porque, como se sabe, mulher nunca envelhece: só vai ficando cada vez mais loura.




* Roseli Pereira (quarenta e uns) é paulista, redatora publicitária e corinthiana (nesta ordem). Escreve desde sempre, mas só começou a desengavetar seus textos no dia em que descobriu a Internet. Dali em diante, foi ficando cada vez mais cara de pau e ganhou o papel. Atualmente, tem crônicas publicadas em 3 das 4 antologias dos Anjos de Prata e em alguns jornais do interior do Estado de São Paulo.