:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor



Alberto Cataldi
Eliana Caminada
Fernando Fogliano
Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     COLUNA POP-UP

17/09/05


Vazamento


Por Alberto Cataldi*

Eu já não sei mais quais discos vazam de verdade e quais vazam de "mentirinha" para a internet. Considerando o bafafá que isso gera, é provável que gravadoras espalhem músicas na rede antes do lançamento, sem assumir, só para ter um termômetro do mercado.

Capa cd Franz Ferdinand Todo mundo sabe, hoje em dia revistas, rádios e tevês já não têm tanta relevância na opinião do público. Afinal, a internet democratizou tudo. A opinião do colunista daquela revista especializada pode ter tanto peso quanto aquele seu amigo que tem um blog, ou aquele outro sujeito que escreve uma vez por semana para aquele site (opa!). Não adianta ficar enviando cedês para a imprensa ouvir, em pacotes recheados de agradinhos. Isso não importa mais. Quem realmente quer música, vai atrás dela, seja onde for.

Some isso à facilidade de trocar músicas pela internet e o caos do marketing fica estabelecido. De que adianta convencer todo mundo a falar bem de um cedê se, antes mesmo do jornal chegar na gráfica, um sujeito que tem o álbum enviou para dez amigos, que enviaram para mais dez, que enviaram... e todos acharam uma porcaria? Complicado.

Franz Ferdinand As bandas do momento mostram que se dão bem por saberem lidar com isso. Taí o Franz Ferdinand, com novidade em vias de chegar. "You Could have It So Much Better..." (capinha aí ao lado) já está prontinho, cai nas lojas mês que vem. E já está rolando inteirinho na internet. Como assim? Vazando. A gente já sabia que isso iria acontecer. Afinal, é o Franz Ferdinand. Todos esperam o disco ansiosamente, porque todos gostam.

Caindo na rede assim, todo mundo ouve e comenta. Antes mesmo da chegada "oficial". E alguém realmente acredita que isso vai prejudicar o sucesso dos garotos? Eu não. As músicas são muito boas. Sem grandes novidades, mas recheadas do ar engraçadinho e festeiro que já são marca. Além do atual single "Do You Want To", tem a estilosa "Eleanor Put Your Boots On", a Bowieana "I'm Your Villain" e a pegajosa "Walk Away". Entre outras, claro. A qualidade é suficiente para sobrepor contratempos como este. Quando a banda é boa, qualquer divulgação é boa.

Música de graça na internet pode ser ilegal para a lei, mas é legal para quem ouve. E, sejamos sinceros, mais legal ainda para as bandas. Strokes, Interpol, Libertines, Cansei de Ser Sexy e tantos outros não me deixam mentir...


Três acordes: lançamentos no forno

Bloc Party @ Sempre desconfiei que Kele Okerele, vocalista do Bloc Party, é hiperativo. É só ouvi-lo cantando, ou vê-lo no palco. Quer prova maior? Não faz nem seis meses que "Silent Alarm", primeiro disco da banda, saiu e eles já estão no estúdio preparando o próximo. Deve chegar lá pelo começo do ano que vem. E já tem até single tocando nas rádios! "Two More Years" podia estar no álbum anterior. É lindona, tem cara de Bloc Party... E, se a banda já gerou a frase "cara de Bloc Party", é porque estilo e personalidade não faltam. É das favoritas.

@ Strokes! O cedê novo já está pronto. Sai em novembro, logo depois que voltarem da turnê sul-americana (leia-se, por aqui). Intitulado "First Impressions Of Earth", o disco, segundo o vocalista Julian Casablancas à revista NME, é sobre como alguém de outro planeta veria objetivamente a Terra hoje em dia (???). Então tá. O primeiro single chega em umas semanas, chama-se "Juice Box" e, é dito por aí, soa Strokes no melhor. Guitarras explodindo, baixo dançante, bateria fácil. Esquecendo as emulações de anos 80. Ah, com certeza rola no Tim Festival. Aliás, já comprou seu ingresso? Eu já. E estão acabando!

Belle & Sebastian @ Indies conservadores e quem não gosta de indies, não leiam este acorde!... Eu avisei... O Belle & Sebastian ("Ah não! Ele vai escrever sobre o Belle & Sebastian!") já terminou as gravações do novo trabalho, que deve ser lançado no começo do ano que vem. Produzido por Tony Hoffer - trabalhou com Beck - o álbum reserva algumas surpresas. A banda escolheu novos instrumentos para tocar, o que resultou em 18 canções de sonoridade mais nova. Mas tá certo o som deles nunca soou novo. Quem liga? Eles são legais! Entre as músicas estão "Song for Sunshine", "Funny Little Frog" e "Act Of The Apostle Part I".


Links da semana

Franz Ferdinand ponto com.
Bloc Party ponto com.
The Strokes ponto com.
Belle & Sebastian ponto com.


É isso? É. Mas tem mais na semana que vem.
E se quiser palpitar, é só escrever.






*Alberto Cataldi, 20 anos, é paulista, estudante e estagiário de jornalismo. Aprendeu a gostar de música com o U2, de cinema com De Volta Para o Futuro e de literatura com quadrinhos do Batman. Escreve na Wooz sobre música e cultura pop, e acha isso muito divertido. Não gosta de fazer listas de coisas preferidas, porque sempre esquece alguma importante, e isso o deixa transtornado.