:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor



Alberto Cataldi
Eliana Caminada
Fernando Fogliano
Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     COLUNA POP-UP

26/08/05


Megaclipping


Por Alberto Cataldi*

divulgação Procurando com atenção pelas maiores lojas de discos do país você pode encontrar o disco "Cru", de Seu Jorge, dando sopa. Isso porque o álbum, originalmente produzido e lançado na França, finalmente foi prensado aqui pela (quem diria!) ST2 Records. O cedê traz grandes canções como "Tive Razão", "Mania de Peitão" e "São Gonça". Feito para o público gringo, é menos suingado e mais (é claro) cru do que seus trabalhos anteriores, mas ajuda a tirar o estigma de "filhote de Jorge Ben" e demonstra a sensibilidade do artista. Agora ele se prepara para um disco gravado aqui, pensando no público brasileiro. Especulam por aí algo bem gafieira...

divulgação Depois de especulações, discussões e dúvidas, está tudo certo. Pearl Jam no Brasil em dezembro. Não para um, nem para dois, muito menos para três. Serão cinco shows. A banda chega depois de um famoso abaixo assinado com mais de 7 mil assinaturas organizado pelo fã clube nacional. Os shows serão dias 1 e 2 no estádio do Pacaembu, em São Paulo. Os outros serão no Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre, com datas a confirmar. O repertório será misturado, já que o grupo de Eddie Vedder prepara o próximo álbum, com previsão de lançamento no ano que vem. É provável que toquem a nova "Crapshot" na vinda...

A vinda dos Rolling Stones também ficou confirmada. A banda tocará na praia de Copacabana, em show gratuito para quantas pessoas vierem. Será em 18 de fevereiro. Antes disso, eles passarão por Porto Rico e Buenos Aires nesta que, dizem por aí, é a última turnê dos vovôs, "A Bigger Bang". Certo mesmo só o próximo álbum deles - com o mesmo nome - que sai em setembro e traz a já polêmica "Sweet Neo Con", em homenagem aos neo-conservadores dos Estados Unidos. A música soa como Stones das antigas, mas traz um Keith Richards menos inspirado que o habitual...

divulgação Keith Richards ganhou mais um prêmio para sua coleção, só que esse é inusitado. Em eleição, a revista Spin escolheu as mais incríveis partes de corpos do rock. Em primeiro lugar, ficou o umbigo da Madonna e, em um injustíssimo segundo lugar, o fígado do guitarrista da mais antiga banda em atividade. O prêmio foi concedido pela "longevidade" do órgão. Ele ainda se prepara para uma incursão no cinema, vivendo o pai de Johnny Depp na continuação do filme "Piratas do Caribe". O que nos leva aos acordes dessa semana...

Mas como esta coluna está amarradinha hoje, não?


Três acordes: Filmes com música que valem a pena

Inspirado pelo lançamento em breve por aqui do "filme livremente inspirado" em Kurt Cobain, "Last Days", de Gus Van Sant, já elejo outras três produções com música que merecem a maior atenção. divulgação

@ Encabeçando a lista, como não poderia deixar, vem "Spinal Tap". Trata-se de um documentário acompanhando a turnê da banda homônima que fez estrondoso sucesso com seu heavy metal nos anos 70, mas que entrou em declínio nos anos 80. O filme flagra a gravação de um polêmico álbum, brigas de bastidores, ensaios, problemas técnicos, tudo. Fica mais legal ainda se levar em conta que é tudo mentira. Tão boa comédia que a banda virou real, lançou discos e fez até alguns shows. Fenomenal.

divulgação @ Dizer sobre filmes musicais e não comentar "Buena Vista Social Club" é criminoso. Afinal, este documentário (real) deixa claro o que significa "viver música". O grupo de velhinhos respiram arte, transpiram música e vivem boemia. A sinceridade de sua obra faz qualquer virtuoso sentir-se vazio, e a qualidade de seu trabalho conseguiu deixar Dalmon Albarn, do Blur constrangido. Ele chegou a gravar uma música com o Buena Vista, mas engavetou ela para sempre, pois achou que sua participação não ficou à altura dos senhores.

divulgação @ O diretor alemão Wim Wenders sempre esteve envolvido com música, chegou a pedir ao U2 uma música para um de seus filmes ("Tão Longe, Tão Perto"), depois disso, foi Bono quem pediu ao diretor para que dirigisse uma história bolada por ele. "Hotel de Um Milhão de Dólares", como o próprio rockstar já definiu, é um misto de sonho e blues. É exatamente isso que se vê e ouve durante a projeção, tudo viajante, tristonho, azulado, puro blues. A trilha tem gente como U2, Brian Eno, Daniel Lanois, Tito Larriva, entre outros, todos juntos, fazendo experimentações com o pai do rock.

Ufa. Tantas coisas, tão pouco tempo. Essas foram as novidades da semana. Semana que vem, mais. Ou antes, quem sabe.


Para clicar esta semana tem:

Seu Jorge cheio de suingue aqui.
Pearl Jam fazendo as malas neste link.
Os enxutinhos Rolling Stones para .

Até mais ver.





*Alberto Cataldi, 20 anos, é paulista, estudante e estagiário de jornalismo. Aprendeu a gostar de música com o U2, de cinema com De Volta Para o Futuro e de literatura com quadrinhos do Batman. Escreve na Wooz sobre música e cultura pop, e acha isso muito divertido. Não gosta de fazer listas de coisas preferidas, porque sempre esquece alguma importante, e isso o deixa transtornado.