:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor



Alberto Cataldi
Fernando Fogliano
Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     CULTURA

Salvador será o palco para o Fórum
Internacional das Indústrias criativas


Evento em Salvador reúne cerca de vinte países e lança o Centro Internacional das Indústrias Criativas, com sede no Brasil

No próximo dia 18 de abril, os ministros Gilberto Gil, da Cultura, Celso Amorim, das Relações Exteriores, Ricardo Berzoini, do Trabalho e Emprego, e Jaques Wagner, do Conselho do Desenvolvimento Econômico e Social, estarão em Salvador para abrir o Fórum Internacional das Indústrias Criativas.

Realizado pelo Ministério da Cultura em parceria com a Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (UNCTAD), o evento reúne, até o dia 20 de abril, mais de cem representantes de diversos países para discutir uma política mundial para inclusão das Indústrias Criativas na agenda dos países em desenvolvimento.

Como parte de um novo conceito internacional, as Indústrias Criativas são todas aquelas que, independente de terem ou não finalidade cultural, colocam a criatividade e a cultura em seu processo de produção e trabalho. São, por exemplo, as indústrias da moda, da música, do audiovisual, do design, da web, do software, da fotografia, dos diversos conteúdos culturais, do lazer e do entretenimento, entre outras, que hoje representam aproximadamente 7% do PIB mundial e que, em 2005, poderão movimentar até U$1,3 trilhão no mundo, segundo dados da ONU. Em 2000, esse valor foi de U$ 831 bilhões.

Trata-se de uma transformação radical que o universo cultural vem realizando dentro da economia do mundo e que hoje é pauta de grandes discussões internacionais. O conceito das Indústrias Criativas parte do princípio de que a integração da cultura no processo produtivo gera inovação e diferenciação dos bens e serviços gerados, que terão maior valor quanto maior for sua relação com a cultura local.

Livre circulação de bens e serviços culturais

O Fórum Internacional das Indústrias Criativas é o ponto alto de um longo trabalho de articulação do ministro Gilberto Gil que, desde a XI UNCTAD, em 2004, tem atuado pela mobilização da comunidade internacional em defesa da livre circulação de bens e produtos culturais. "Produtos e serviços culturais não podem ser tratados da mesma forma que os demais produtos mercadológicos, como batata e soja, por exemplo, pois têm um valor simbólico agregado que é importante para a soberania e a preservação das culturas", afirma o ministro Gil. "O papel das Indústrias Criativas evoluiu rapidamente de uma noção relativamente restrita à dimensão cultural para o campo mais amplo do sistema internacional de comércio. O governo brasileiro decidiu protagonizar esta discussão, fundamental para os países em desenvolvimento", complementa o secretário-executivo do MinC, Juca Ferreira.

Durante o evento, será lançado o Centro Internacional das Indústrias Criativas, com sede no Brasil, que contará com o apoio de um secretariado internacional e a supervisão de um Conselho Diretor e um Comitê Consultivo, a serem definidos. "A idéia é que esse centro possa dar suporte internacional para que as Indústrias Criativas tornem-se verdadeiras alavancas para os países em desenvolvimento", explica o secretário de Políticas Culturais, Paulo Miguez, que coordena a ação no Ministério da Cultura. Como próximo passo, está prevista a organização de uma força-tarefa com agências do sistema ONU e organizações da sociedade civil para a estruturação e implementação de estratégias na área.


O que: Fórum Internacional das Indústrias Criativas
Onde: Auditório do Hotel Othon Palace - Av. Oceânica n° 2294, Ondina, Salvador, Bahia
Quando: 18 a 20 de abril, das 9h às 18h
Mais informações sobre o evento: (61) 316-2280, na Secretaria de Políticas Culturais do MinC.
Informações à imprensa: (61) 316-2200, com Luís Turiba ou Nanan Catalão, na Assessoria de Comunicação Social.


(Fonte: Comunicação Social do MinC) publicado por Assessoria de Comunicação Social