:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor



Fernando Fogliano
Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     CINEMA

Festival de Cinema Tribeca cresce e ganha mais estréias


LOS ANGELES (Hollywood Reporter) - O Festival de Cinema Tribeca será adiantado em duas semanas e prolongado para durar 13 dias, anunciaram na terça-feira seus co-fundadores, Robert De Niro, Jane Rosenthal e Craig Hatkoff, além do diretor executivo Peter Scarlet.

A quarta edição do festival, espalhado por locais diversos em Lower Manhattan, acontecerá este ano entre 19 de abril e 1o de maio.

Com o aumento de sua duração, o festival vai poder exibir 60 estréias mundiais e 34 estréias norte-americanas. Quase metade de sua programação será dedicada a novos filmes independentes de cineastas norte-americanos ou que trabalham nos EUA, mas Scarlet também vai trazer diretores de 44 outros países.

O thriller de Sydney Pollack "The Interpreter", ambientado nas Nações Unidas e estrelado por Sean Penn e Nicole Kidman, vai abrir o festival, como o primeiro dos filmes a fazer sua estréia internacional no Tribeca.

Outras estréias mundiais vão incluir "Fierce People", drama estrelado por Diane Lane e Donald Sutherland; a comédia "The Great New Wonderful", de Danny Leiner, cinco narrativas na Nova York do pós-11 de setembro; o remake do terror "Museu de Cera", dirigido por Jaume Collet-Sera; o documentário "Through the Fire", de John Hock, sobre o jogador de basquete Sebastian Telfair, e o filme "SHOW Business", de Dori Berinstein, sobre quatro musicais da Broadway: "Avenue Q", "Taboo", "Caroline, or Change" e "Wicked".

Os organizadores do festival também anunciaram a lista inicial de jurados, que inclui Jeff Bezos, Damon Dash, Dunne, Teri Hatcher, Michael Imperioli, Alfred Molina, Ingrid Sischy, Diane Von Furstenburg, Mort Zuckerman, Peter Travers, Alan Cumming, Tom Brokaw e Mitch Glazer.

Em comunicado à imprensa, Robert de Niro falou: "A cada ano que passa, cresce o apoio ao festival que recebemos de nosso bairro e da comunidade cinematográfica global".

Entre as novidades do festival está o espaço da Sociedade Americana de Compositores, Autores e Publishers Musicais, que vai promover apresentações ao vivo no Knitting Factory, em Tribeca, entre 27 e 29 de abril.

O Festival de Cinema Tribeca foi fundado em 2002 por De Niro, Rosenthal e Hatkoff como resposta aos ataques contra o World Trade Center. Sua missão, que tem o apoio da sócia fundadora American Express, é promover Nova York como capital mundial do cinema independente e fomentar a revitalização econômica e cultural de Lower Manhattan através de um evento anual de cinema, música e cultura.

As três primeiras edições do festival atraíram quase 1 milhão de visitantes e geraram mais de 125 milhões de dólares em atividade econômica para Lower Manhattan.


Fonte: Yahoo! Notícias


Mais:
O Festival de Cinema Tribeca começou ontem (19/04) com mais de 250 filmes de 44 países, entre eles dois documentários que falam da tragetória de brasileiros: "Favela Rising", conta a história de um dos fundadores do Afro-Reggae, a ONG carioca criada a partir de uma reunião de jovens interessados em música e cultura negra. "A Caminho de Bagdá", de Simone Duarte, aborda a trajetória profissional do diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello, que comandava a missão da ONU no Iraque quando foi morto num atentado terrorista, em 2003.