:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor


Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     CINEMA

Os Sonhadores

Valmir Junior*

1968. A revolução estudantil eclode em Paris, é fechada a Cinemateca e muitos cinéfilos se revoltam. Em meio aos protestos, o jovem americano Matthew (Michael Pitt) encontra dois irmãos franceses: Isabelle (Eva Green) e Theo (Louis Garrel). Logo ficam amigos e decidem que Matthew vá jantar em sua casa. Os pais de Isabelle e Theo (Robin Renucci e Anna Chancellor) recebem Matthew e logo vão viajar, deixando os três sozinhos. A partir daí, os três embarcam numa jornada de trivias cinematográficos com jogos sexuais, envolvendo incesto, sexo e outros tipos de perversões.

O jovem Matthew aos poucos descobre que os irmãos gêmeos Theo e Isabelle não são nada mais do que jovens alienados, que gostam de proferir que clamam pela situação política do país, mas apenas proferem: nada fazem. Pior: dedicam-se a exercitar a própria sexualidade e a inteligência cinéfila sem se importar com os protestos que acontecem ao lado de fora de seu apartamento. Mesmo assim, ele mesmo não sabe que foi enredado e deixa-se levar pelas peripécias hedonistas dos recém-amigos.

Bertolucci entremeia a narrativa com cortes de cenas de filmes de época, exatamente quando as personagens interpretam as cenas, utilizando a metalinguagem no maior estilo "A Vida Imita a Arte". O filme é clara alusão ao processo de amadurecimento, que envolve por debaixo do pano também a consciência política de jovens da época (e com certeza a metáfora se estende até os dias atuais, na apolítica da juventude de hoje).

A surpresa do filme conta com a enérgica e intrigante interpretação de Eva Green, construindo uma Isabelle meio desajustada, mas sensual, porém ao mesmo tempo amável. Já o Theo de Louis Garrel, aos poucos, vai assumindo o caráter de quem realmente só vestia o véu da filosofia política e mostra seu lado ciumento e bissexual. Michael Pitt mostra força interior em seu Matthew, mesmo com o abatimento do jovem frente a ousadia dos dois irmãos, mas revelando interessante ambigüidade em relação ao que sente. Fechando o filme com trilha sonora primorosa, que vai de Joplin a Dylan e a bela fotografia, Bertolucci constrói um filme cult e cheio de referências sem cansar o telespectador.


"Os Sonhadores" - "The Dreamers" (2004) - Dir: Bernardo Bertolucci. Elenco: Michael Pitt, Eva Green, Louis Garrel, Robin Renucci e Anna Chancellor. Estreou em 10 de Dezembro.



*Valmir Junior
"Paulista, 23 anos, virginiano e doido por chocolate. Esse é Valmir Junior, um ator amador (ou amador ator?), fã de teatro (claro), filmes, exposições e outros assuntos relacionados à Arte (além de ser um bom garfo também). É a primeira vez que resenha para um site e dá medo nele, mas o desafio já foi aceito, então: "Merda!!!" (Não levem a mal! É "Boa Sorte" no Teatro)."