:: institucional           :: projetos           :: serviços           :: sala de imprensa          :: parcerias          :: loja          :: contato     

CANAIS WOOZ

artigos
agenda cultural
artes visuais
cultura
cinema
dança
entrevistas
fotografia
internet
literatura
música
teatro
terceiro setor



Alberto Cataldi
Fernando Fogliano
Roseli Pereira
Valmir Junior



clique aqui e faça um cadastro para receber informações Wooz
     CINEMA

Entra em cena a 5ª Mostra de Cinema Infantil

Durante 18 dias, a 5ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis põe na tela nove longas-metragens, nove filmes do Curta Criança MinC/TVE, curtas da Mostra Competitiva além de vídeos da Midiativa/Festival Prix Jeunesse, da Alemanha. Ao todo, 80 produções infantis serão exibidas neste evento, que será realizado de 29 de junho a 16 de julho no Centro Integrado de Cultura (CIC) de Florianópolis. As grandes estrelas serão os longas A Ilha do Terrível Rapaterra, de Ariane Porto; e Goleiro, de Cao Hamburger, que serão lançados durante a Mostra. Na abertura, dia 29, é a vez das projeções de O Mistério do Boi de Mamão, de Luiza Lins, e Peça por Peça se Constrói um Amigo, de Giuliano Benedet, curtas infantis catarinenses vencedores do edital Curta Criança. Outra cena importante é o 2° Encontro Nacional do Cinema Infantil, no dia 30, que vai mostrar a discussão sobre a produção infantil no Brasil.

Mas a personagem principal desta edição é a Literatura Infantil. Ela aparece em vários momentos, como na oficina O que é um livro, para crianças do Projeto Esperança da Comunidade Chico Mendes; na distribuição do clássico livro O Patinho Feio, de Hans Christian Andersen; no bate-papo com a premiada escritora Ana Maria Machado e com as professoras Eloí Bocheco e Tânia Piacentini, e também no centro das discussões sobre produção para crianças. Isso sem falar nos filmes O Rei e o Pássaro, baseado em um conto de Hans Cristian Andersen; e Pele de Asno, uma adaptação de um clássico infantil.

"Acreditamos que o cinema, assim como a literatura, deve educar, divertir e contribuir para a construção da cidadania", diz a produtora Luiza Lins. Para mostrar que estas duas cenas se complementam, a Sociedade Amantes da Leitura leva sua biblioteca para dentro do CIC. Na opinião de Luiza, a literatura infantil brasileira tem qualidade, com muitas premiações, inclusive no exterior, mas é pouco aproveitada no cinema. "A produção de filmes para crianças é muito pequena no país e vamos partir daí para promover um debate em torno do assunto".

ENCONTRO NACIONAL - Isso será realizado na sexta-feira, dia 30, às 9h30, na Sala de Cinema do CIC, com a presença de pessoas que trabalham com o universo infantil e que estão se organizando para fortalecer o segmento. Entre os confirmados estão Esther Faller (TVE); Orlando Senna (secretário do Audiovisual do MInC); Carla Camuratti (Copacabana Filmes); Gabriel Guimard (Portal da Cultura para a Criança); João Batista Melo (produtor e diretor); Isabel Leite (Museu da Infância/Unesc); Karen Acciolly (atriz e produtora); Andrés Lieban (diretor) e Anna Karina Carvalho (produtora).

Outros personagens compõem a trama da Mostra. A exposição Rios, Infâncias e Sertões, do projeto Oníria, Infâncias Latino-Americanas e do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Pequena Infância e o show de encerramento com o grupo Palavra Cantada e Camerata de Florianópolis. Este ano, a expectativa é levar 15 mil crianças à Mostra, sendo nove mil de escolas públicas de Florianópolis. "Queremos despertar o interesse pela arte do cinema, além de formar uma platéia com senso crítico e democratizar os espaços públicos", finaliza Luiza Lins.